O Marketing praticado na Campus Party 2011

 

Quem me seguiu no Twitter, soube que participei de mais uma edição da Campus Party Brasil como um dos blogs parceiros do evento. Registrei no meu Twitpic momentos interessantes que ocorreram por lá e que chamou minha atenção. A seguir, vou analisar o que as empresas que patrocinaram e apoiaram o evento fizeram para fixar a marca na mente dos campuseiros.

Como era de se esperar, as empresas usaram e abusaram das Redes Sociais para estimular citações dos usuários sobre a marca no Twitter, Facebook, Foursquare e por aí vai. Algumas fizeram promoções interessantes, mas a maioria tentou “forçar a amizade” pedindo pessoalmente para os campuseiros seguirem o perfil. Essa estratégia, logicamente, não funcionou, como você pode ver nessa tuitada enviada no último dia. Sou até a favor da prática de pedir para seguir o perfil, mas o problema é que a maioria delas não oferece conteúdo de qualidade para manter esses seguidores.

Tuitada

Caixa

A Vivo chamou atenção na área Expo com o seu Cubo de Conteúdo, promovendo palestras e outros programas dentro do espaço, como o WebShow de Marcos Mion. Apesar do Legendários não ser o programa favorito dos tuiteiros, nesse dia muita gente parou para assistir o apresentador entrevistar uma das panicats.

Vivo Mion

Brindes, adesivos com frases engraçadas sobre a web e mascotes não faltaram para animar quem estava circulando pelo pavilhão do Centro Imigrantes. Além disso, quem estava por lá não passava fome como no ano passado. A Nestlé distribuiu gratuitamente Neston e a Cup Noodles fez isso apenas para quem tinha direito à mochila deste ano. Pelo que conversei com algumas pessoas, o miojo fez o papel de almoço nesses dias de festa.

AMD

Cup Noodles

O Banco do Brasil foi uma das empresas que conseguiram citações espontâneas ao promover entre os campuseiros o Dia do Roupão, onde quem quisesse andava com o roupão da marca (provocando até uma “emboscada involuntária” no stand da concorrência). Além disso, houve flashmob para bater o recorde de pessoas vestidas de roupão (ou algo do tipo).

BB Caixa

Mas a estrela dos patrocinadores foi o Kinect, console do Xbox. Praticamente todos os stands tinham consoles para as pessoas jogarem, formando algumas filas de espera para a ver de se sentir um grande joystick.

Apesar dos problemas registrados (grandes filas para credenciamento e apagões), pretendo voltar no próximo ano, pois a Campus Party é uma ótima oportunidade de fazer novas amizades, conhecer pessoalmente ídolos virtuais e fortalecer o networking, principalmente para quem trabalha com mídias sociais.

cpbr4

pixel
The following two tabs change content below.

Caio Costa

Editor-chefe at Blogcitário
Publicitário, Diretor da Orfeu Comunicação e editor-chefe do Blogcitário, seu blog de publicidade.

Latest posts by Caio Costa (see all)

 
 

Comentários no Facebook

3 comentários

  1. Esqueceu-se de citar o sumiço de um notebook (ou netbook, não lembro bem) de um sujeito lá… não sei se foi resolvido, se foi furto ou o cara perdeu em meio a alguma bebedeira (nerd bebe? =P), mas a mensagem alertando o fato deu uma rodada legal pelo twitter (ou assim me pareceu).

     

Deixe um comentário

 

 

 

© Blogcitário - o seu blog de Publicidade, marketing, viral e guerrilha. Todos os direitos reservados.

Rodando sob Wordpress. Layout e Programação por Hilder Santos.

Follow @blogcitario