O limite do bom senso

 

Na vida, um filme, uma música e outras coisas despertam sentimentos diferentes em cada pessoa. Em se tratando de humor, a regra é a mesma. O que pode ser engraçado para mim, pode ser nojento para você e vice-versa.

luftal

Está sendo veiculado no México um comercial da Luftal, remédio que combate gases.

E você? Achou que os criativos da DraftFCB ultrapassaram a linha escatológica ou não?

pixel
The following two tabs change content below.

Caio Costa

Editor-chefe at Blogcitário
Publicitário, Diretor da Orfeu Comunicação e editor-chefe do Blogcitário, seu blog de publicidade.
 
 

Comentários no Facebook

23 comentários

  1. Só sei que o comercial deu um novo sentido ao “fazer borbulhas de amor pra te encantar”. Salve, Raimundo Fagner.

     
  2. Ricardo Ferro
     

    Escatologia? Não acho que chega a tanto. Às vezes o humor de momento do espectador dita as regras. Eu, agora, estou bem humorado o suficiente pra achar graça no comercial.

    Só acho que você entregou a surpresa do comercial, na chamada, ao citar o Luftal e gases. Se não tivesse me contado o final da piada, eu teria achado mais graça. :-D

    Eu gostei. E acho que esse tipo de comercial chama a atenção e facilmente cai na boca do povo (“você viu aquilo?” ou “vc tá parecendo o cara do comercial da Luftal”, e coisas assim).

     
  3. BrunoFlegma
     

    É criativo sim, pra min passaria do limite se a agua em algum momento ficasse marrom.

     
  4. Não vi nada escatológico. Achei muito criativo, afinal, se pararmos para pensar, trata de uma das piadinhas de ‘pum’. :)

     
  5. Como você mesmo disse quando se fala de humor a recepção da mensagem pode ser diferente.Mas nesse caso não acho que houve exagero.Concordo com o Ricardo isso cai rapidamente na boca do povo.

     
  6. Eu adorei. ficou até bonitinho.

     
  7. Bozo I am
     

    O melhor foi o sax de fundo.

     
  8. Pra mim absolutamente nao.
    não há nada mais do que um exagero perceptível a todos e que é óbvio(exatamente onde fica a graça viral) …
    mas bem legal e criativo.

     
  9. Me lembrou aquela cena do Rei Leão, onde tá o Simba, o Timão e o Pumba deitados em um lago de água borbulhante, aí o Pumba sai e as bolhas param.

     
  10. Muito bom o comercial! Nada de escatológico…

    Com a descrição dada pelo blog, cheguei a imaginar, mesmo que por um segundo, que aquela água da banheira “mudaria de cor”…Pelo menos o bom-senso imperou entrem os publicitários que realizaram a campanha.

     
  11. Eu achei tranquilo. Até ri. Não vi nada de mais…

     
  12. Eu achei o recurso comunicativo da agua interessante pelo produto, porém o enlasse romântico da sena não me surtiu graça. Talvez um casal de amigos em uma piscina, algo mais descontraído, fosse uma comédia mais adequada.

     
  13. Escatológico nada. Já usaram isso no desenhod o Rei Leão quando o Pumba sai de uma fonte teóricamente termal e sem seguida as bolhas param. E é pra criança. uhAHUahuAUHahuA…

     
  14. Também achei q voce estragou a piada…..

     
  15. Decio Cupramim
     

    “os criativos da DraftFCB” criativos??????
    Copiaram descaradamente um comercial (americano ou australiano) de um feijão enlatado. A única diferença é que eram uns cowboys em uma espécie de ofurô. Vc pensava q tinha hidromassagem e de repente o câmera enquadrava as várias latas de feijão q eles comeram e eles começavam a rir.

     
  16. Nossa, só tenho uma palavra pra definir isso. “Nojento”. Eu sou uma daquelas pessoas que defendem a propaganda poética.

     
  17. Legal!!! mas nojento!

     
  18. ficou bem no limite..poderião ter usado de mais criatividade pra passar a msg,esse lance de gazes na agua eh meio cliche, em relação a ser escatológico ,foi a opção dele,nem todo mundo ve algo assim nojento,eu acho engraçado, até pq se trata de publicidade

     
  19. Achei barbaro! A utilização do bordao popular para elaborar o anuncio para mim foi sensacional. Passou perfeitamente a mensagem, nao foi ofesivo e de quebra ficou muito engraçado. As vezes utilizar da comédia e uma boa saida. Reparem na cara da atriz… Quando a banheira começa a esquentar, ela fica com um certo nojo… Sai e resolve o problema. Aposto que corre para o chuveiro para tomar outro banho! hauhahuahauhauhau

     
  20. Eu sou bem crítico ( e chato) quanto a certo tipo de exagero. Mas gostei do comercial. Acho que você se espantou demais.
    hehe

     
  21. Gostei muito do comercial.

    Não acho que ultrapassa os limites, não.

     
  22. EU ri

     

Deixe um comentário

 

 

 

© Blogcitário - o seu blog de Publicidade, marketing, viral e guerrilha. Todos os direitos reservados.

Rodando sob Wordpress. Layout e Programação por Hilder Santos.

Follow @blogcitario