Ser publicitário é…

 

Hoje pedi para os seguidores do meu Twitter definirem com apenas uma frase o título deste post, no mesmo esquema daqueles cartões do “amar é…”. O detalhe é que a pessoa tinha que ser da área e conhecer a realidade da profissão, sem o glamour que as pessoas “normais” acreditam que ela tenha. Confira abaixo as melhores que eu recebi:

publicidade

Ser publicitário é…

… ser um pinóquio;
…um sofredor feliz;
… como uma puta. Pagando bem, ele faz qualquer coisa;
… uma raça em constante extinção;
… metido;
… o desempregado de amanhã;
… o Nizan Guanaes, que ganha dinheiro e chicoteia pessoas. Eu sou escravo;
..aquele que engana as pessoas honestamente;
… é osso, principalmente quando se trabalha num canil.
…advogado do diabo das marcas;

Para mim, publicitário é um profissional que é ao mesmo tempo especialista de tudo e de nada, já que necessita criar para produtos muito diferentes entre si no mesmo dia e para isso às vezes precisa (tentar) entender a alma feminina para a campanha de um cosmético e logo depois precisa acordar seu lado cachaceiro para ter idéias para aquele job da cervejaria ou qualquer bebida alcoólica.

Além de ter que criar para produtos que fazem mal à saúde, muita gente acha que trabalhar com publicidade é ser uma espécie de fábrica de idéias ambulante: é só chegar, pedir à mente aquela sacada genial digna de Cannes e voilá: em menos de cinco minutos você fez o seu trabalho e já está pronto para outra.

É por isso que muitos se iludem quando entram no mercado e se decepcionam com a dura realidade da profissão. Muita gente não consegue ser a prostituta do cliente da agência, pelo menos, quando se trata das idéias para a campanha.

Obs: porque é muito comum publicitário ser comparado às prostitutas? Veja nesse post as semelhanças entre as duas profissões.

Agradeço a todos os que enviaram as frases para compor este post.

pixel
The following two tabs change content below.

Caio Costa

Editor-chefe at Blogcitário
Publicitário, Diretor da Orfeu Comunicação e editor-chefe do Blogcitário, seu blog de publicidade.
 
 

Comentários no Facebook

50 comentários

  1. Já comentei aqui outras vezes, nós Analista de Sistemas não somos muito diferentes de vocês publicitários não hehehe

     
  2. EU COMO PUBLICITÁRIA SÓ TENHO É QUE CONCORDAR COM TUDO NÉ, P Q SEI BEM QUE É TUDO VERDADE RSRSRSRSR.

     
  3. Ás vezes da pra dizer não a prostituição em prol da dignidade! dá pra evitar a frase “não falei que ia dar merda?” :P

     
  4. a gente é muito glamourizado e estereotipado. e diga a alguem que vc precisa entender mais do assunto antes de ter aquela sacada e veja aparecer : ”ué, mas vc não é criativo??”

     
  5. O Raphael disse tudo…quando você precisa daquele tempinho para entender mais o produto e encarnar a essência dele a galera já lança “cadê a criatividade?”… ahahahaha mt bom o post! Parabéns!

     
  6. muito bom o post!
    eu diria também, que somos ‘the flash’ ou ‘mãe dinah’ da vida.
    quem nunca criou pq o chefe pediu ‘qualquer coisa rapidinho’ ou com um briefing de 2 linhas? isso quando vem algum briefing.

     
  7. Eu como publicitária fico numa boa. Desde que ela pague o taxi no final.

     
  8. Gente eu sou Designer e sofro as mesmas coisas de vocês… mas cabe a nós mudarmos isso…

     
  9. eh por isso q vou me especializar em MKT!! =D hihihi

     
  10. Ser publicitário é não ter certeza de nada, mas fazer todo mundo acreditar em tudo! hahaha
    Adorei esse seu texto.

    beijos

     
  11. A que mais gostei foi a do Nizan hehehe

    Aqui na agência tentamos não agir como prostitutas do mercado… mas é difícil conseguir clientes quando tem outros prosticitários que cobram cinquenta reais pra fazer um logotipo…

     
  12. Cristiano
     

    Ser publicitário é vender uma marca ou produto de qualquer forma, seja ela com verdades ou mentiras. Não vejo nada de errado nisso, me digam qual profissão não é assim?

    Publicitário vende aquele produto contando mentiras. (iiii????) Burro é aquele que compra, esperto é aquele que conseguiu vender, não devem criticar o Publicitário e sim a Empresa que o contratou para fazer um job que venda o seu produto. Se a empresa for boa o Publicitário também vai vender o produto, usando só as verdades desse determinado produto de qualidade.

    Todas as profisões tem suas mentiras.

    Ex: Advogado (defende qualquer FDP seja culpado ou inocente)

    Analista de Sistemas (arruma gambiarra p caralho pra colocar um sistema funcionando)

    etc…

    A diferença das outras profissões é a formalidade, um publicitário dependendo da área pode ir pra qualquer buteco e fazer seu job, já maior parte das outras profissões não, nossa profissão é maneira, as criticas são pq não entendem como realmente as coisas são.

     
  13. Eu, como administradora e amante da Publicidade, além de concordar com o texto acima, digo: Publicitário pode ser o que for, mas no final da contas é sempre o cara… já que inventou fazer esse curso sabendo que o mercado não colabora… força meus putões!! Hahahahaha!

     
  14. Ser publicitario é trabalhar depois do expediente sem ganhar um puto por isso e ainda nao reclamar, pq tem 50 esperando a sua vaga… rs

     
  15. Vitor_r@ato
     

    bom sou um adolescente de 17 anos e gosto muito de públicidade e gostei dos comentários valeu galeravocês me ajudarem muito abrçsssss

     
  16. Na boa? Perdi tempo lendo as mesmices de sempre. Pelo menos deu pra rir um pouco. rs

    Sou do tempo em que precisavámos de um mínimo de embasamento antes de sair opinando qualquer besteira por aí.

    Essa pressa…essas pessoas sem um mínimo de embasamento e formação… justificam apenas as bizarrices que encontramos por aí.

     
  17. No final das contas apesar de todas as criticas a nossa classe todos fazem isso…olhem o video ai em baixo…
    bjus a todos

    http://www.youtube.com/watch?v=F4t2H5f3V6g

     
  18. Sempre, em qualquer área as pessoas poderão fazer de tudo, salvo aquelas aonde existe uma regulamentação rígida dirigida por pessoas extremamente interessadas em fazer com que sua profissão seja a mais saudável possível, e mesmo assim os problemas ocorrerão.

    A maior questão é que o princípio da liberdade de ação e expressão faz com que todos possam fazer o que quiser, e ainda não existe comprovado em lugar algum que somente as coisas ditas éticas ou morais geram resultado.

    Quem está atrás apenas de retorno financeiro fará apenas coisas que dem dinehiro de retorno, quem estiver atrás de qualidade nõa se importará com o retorno financeiro, quem estiver atrás de sucesso somente fará coisas para aparecer, não se importando nem com a qualidade e nem com o retorno financeiro.

    Hoje em dia muita gente quer fazer sucesso, algumas querem dinhero e poucas querem qualidade.

    O problema é que qualidade não paga conta e não massageia o ego.

     
  19. Eu, como publicitário (não formado) e analista de sistemas (não formado) penso (sem formação) que, quando alguém diz “sou especialista de tudo e de nada”, só pode vir de alguém cuja opinião sobre tudo e nada ainda não está formada.
    Como dizia o Paulo Francis (que não era publicitário mas sim um grande especialista de tudo, hehe), ‘Você precisa se ter num melhor conceito no meu conceito”.

    De qualquer forma, parabéns pelo texto e pelo blog.

     
  20. roberto santos
     

    Parabéns à todos!
    Prostitutas tem em toda profissão, a diferença que alguns não reconhecem, digo também pelo meu ramo, Segurança Empresarial, ainda tem pessoas com formações e de dizer que são especialistas…como podem???
    Vender o que não existe (fumaça), palavras de um dos diretores, pasmem…
    O poder de persuasão está na ignorância(falta de conhecimento) do ouvinte, cada qual no seu seguimento.
    Mesmo assim vou fazer publicidade depois dos 40 anos, sabe por que??? As pessoas gostam de ser enganadas, pelo menos na nossa cultura, onde permitem que assassinos sejam pastores e pregar a palavra,hahahaha
    Toda criança de sã consciência sabe que não pode matar, vem depois dizer que se arrependeu, e é defendido que todo mundo tem sua chance de redenção.
    Quer que te vendo um vigilante bom para proteger sua família ou empresa, vindo de família nobre de bons princípios éticos e morais, sem vícios e antecedentes para ganhar menos de mil reais mês, ficando por horas em pé, sujeitando a ouvir ofensas e chacotas, descriminado em tempo integral, e depois ainda não quer ser vítima da violência urbana.
    Ladrão adivinho nasceu e morreu AC.

     
  21. Estava pensando nisso ontem, hoje e talvez amanhã também pensarei sobre a prostituição dos profissionais, porém vejo isso em todas as profissões e não somente na publicidade.

    Se for pra ser uma prostituta (profissional do sexo), que seja então uma de luxo! Que se cuida e sabe o valor de seu conteúdo e com certeza tem uma clientela invejável (e fatura! $$$), ao contrário de muitos que parecem mais prostitutas de butiquim (é, puta!) que fazem “tudo” por nada! E ainda saem por aí reforçando a ideologia de que “Vida de Publicitário é isso mesmo”.

    Vejo que o ramo publicitário é vítima de seu próprio conceito.

    Em breve estarei me formando em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda e aprendi durante alguns anos, que essa desvalorização é culpa do pensamento mesquinho de boa parte dos profissionais que não planejam seu futuro e não valorizam aquilo que fazem de melhor. Claro que muitos são péssimos naquilo que fazem e ganham o justo, mas quem trabalha bem e sabe o sufoco que é estudar e batalhar por um espaço, com certeza sabe o valor (diferencial) que tem e pode exigir, pois o mercado com certeza carece de Verdadeiros Profissionais.

     
  22. @MarcelloGodoy
     

    O post do Alex S. falou todo, muitos destes que postaram fazem essa prostituição barata! Ainda estou cursando Publicidade, mas traçar um futuro e planejar será uma forma obvia de que você irá ser um excelente profissional.

    Obs. Se for ser puta, seja uma putinha de 1º classe!

    Valeu!

     
  23. Muito legal esse post. Pra mim, públicitário é aquele que tem a arte de enganar os outros, através de conceitos que ninguém consegue entender, somente a entidade, mas que mesmo assim vende e muito!!!!

    Podemos ser considerados como prostitutas de elite.

     
  24. José C. Corvals
     

    Ser escravo, viver entre egocentricos, metidos e de certa forma mal caraters que gostam de passar a perna nos outros, ou entao são um bando de vendidos e hipocrítas que criticam pelas costas, mas falam bem pela frente para conquistar algo.

    Não considero o publicitário mentiroso, pelo contrario. Ele não conta mentiras, ele omite verdades. É diferente. Mas um para o outro SIM… SÃO UM BANDO DE MENTIROSOS HIPOCRITAS, ARROGANTES, PREPOTENTES E EGOCENTRICOS..

    [Comentário Editado]

     
  25. Publicitario realmente tem que ter grande facilidade de manipulação nas tomadas de decisões em minha profissão Analista de Sistemas tento me orientar em certas ocasiões envolvendo parte de publicidade e marketing

     
  26. Não acho que ser publicitário(a)seja um tipo de prostituição, afinal se estamos neste ramo é porque escolhemos. A função do publicitário é criar necessidades nas pessoas, mesmo ela não as tendo. Nem toda profissão precisa ser mentirosa, mais tem que seguir o principio básico de cada. Um advogado, defende, mesmo sabendo que o seu cliente seja culpado, ele tá fazendo a parte dele. Ainda sou aluna de publicidade e o único problema de escolher essa profisão é que onde moro as oportunidades são poucas, não somos valorizados. Mais sei que estou em um curso do futuro. O que seria das empresas sem um publicitário pra divulgar seu produto ou serviço?

     
  27. Isso de “prostituição profissional” é uma questão chata e enfadonha. Por um motivo simples: toda profissão tem seus ossos, dificuldades, etc. E o mercado, competitivo, sempre rende pessoas em todos os “níveis” de conhecimento e competência. Mas o caso mais importante é: as faculdades de comunicação querem formar um publicitário que diz que “eu não sou um FDP, sou uma boa pessoa por persuadir vc a comprar o que não precisa”. Isso é só hipocrisia. Eu respeito um advogado que defende um cliente culpado desde que tenha consciência disso, e que não venha me dizer que é um santo por fazer isso. Seja publicitário e, principalmente, propagandista. Leve sua mensagem e manipule seu público alvo em favor de seu cliente ambicioso e predador. De forma competente e eficiente. Mas não venha me dizer que isso foi positivo, humano e desprovido de mentiras. Isso é ofende a minha e a sua inteligência. A propaganda é a arte da manipulação de idéias, para gerar novas necessidades ou mudar velhos paradigmas. E, no fim de tudo, o Diabo tem que concluir “que é um grande otimista quando pensa que pode piorar as pessoas”. Não lembro o autor desse aforismo, mas é muito bom nesse contexto. Abraços.

     
  28. Olha galerinha, as outras profissões que me perdoem, mas sem a publicidade e a propaganda esse mundo não seria nada!!! Os outros profissionais de áreas diferentes jamais chegariam a lugar algum…O mundo paraia no tempo…Então nos agradeçam, pq a gente rala muito e olha que não é pouca coisa…Deveriamos ganhar um premio, ou ta achando que é qualquer um que faz o que a gente faz hein… Então nos agradeçam e não nos critiquem

     
  29. Sou publicitário. E acho que você nem sabe oq é isto. Não gostei como escreveu e nem oq escreveu. Ser publicitário é mto mais que isto que você tentou dizer, as pessoas devem pensar isto e aquilo sobre publicitários, pq tem publicitários como vc que as fazem pensar assim. LAMENTÁVEL!

     
    • Caio Costa
       

      Olá Daniel,

      Fico feliz por vc ser publicitário e nunca ter se chateado com o cliente que deu um prazo apertado, nunca precisou fazer horas extras por dias seguidos e nunca teve dificuldades em fazer o seu trabalho.

      Pelo menos nós, a maioria que exerce a profissão, tem bom humor para encarar essas situações, algo que falta para você ;)

       
  30. É… Coca-Cola é isso aí!

    “Eles querem te vender / Eles querem te comprar / Querem te matar a sede / Eles querem te sedar. / Quem são eles? / Quem eles pensam que são?”

     
  31. Foram vcs que escolheram a profissão,agora aguentem.

     
  32. Isso que o Alex disse é a mais pura verdade.
    A desvalorização da classe publicitária, em grande parte é responsável por ‘nós’ mesmos.
    O curso universitário por exemplo é um dos mais requisitados. Todo ano mais de 100 mil estudantes entra, e mais de 60 mil saem formados da faculdade, e pode chutar aí brincando, mais de 90% sem um preparo mínimo para o mercado de trabalho.
    Posso falar por exemplo de causa: Na minha classe, Segundo ano de Comunicação Social, eu vejo cada ‘nego’ chucro que não consigo imaginar aquele ser humano um publicitário, formador de opinião. É difícil, mas enquanto não disseminarmos a educação e o conhecimento para os aspirantes a essa profissão, continuaremos a ter vários e várias prostitutas que vão sempre valorizar mais o dinheiro do que a qualidade.

     
  33. Ser publicitário é se transformar em um ser incapaz de explicar o que faz! É assim que me sinto! E adoro isso! rs Parabéns para todos nós, publicitário!

     
  34. Suéllem Nascimento
     

    Um viva aos Publiciotários! \o/

     
  35. Até prostituta quando tem talento se dá bem. Mirem-se na Bruna Surfistinha.

     
  36. Marcela J.
     

    Nossa eu ainda estou no começo da faculdade mas já vejo o quanto a publicidade é alvo de detonação e piadinhas sem graça,que na maioria das vezes (como citado acima) são produzidos por nós. Porém concordo que assim como uma sociedade possui prostitutas,os trabalhos não ficam muito para trás, independente da profissão exercida. Então a vocês que falam mal de nós publicitários,repensem seriamente no seu ponto de vista pq vc pode ser a puta do seu ramo querida(o) !!!!

     
  37. Continuo com o mesmo argumento: ningúem está dizendo que “publicitário é puta”. Não é isso. Veja bem o que eu disse:

    (O problema é que) as faculdades de comunicação querem formar um publicitário que diz que “eu não sou um FDP, sou uma boa pessoa por persuadir vc a comprar o que não precisa”. (…) Seja publicitário e, principalmente, propagandista. Leve sua mensagem e manipule seu público alvo em favor de seu cliente ambicioso e predador. De forma competente e eficiente. Mas não venha me dizer que isso foi positivo, humano e desprovido de mentiras.

    Entendeu? Publicitário deveria assumir sim a própria responsabilidade e dizer: “eu trabalho para uma empresa multinacional do Petróleo e minha função é criar uma imagem “verde” e de atitude “ambientalista” para seus consumidores. Cretinice, mas sou pago pra isso”. Em vez de vir aqui me dizer que defender a Marlboro é algo louvável para a saúde da sociedade. Venda seu peixe, mas não venha bancar o santinho depois. Isso ofende a minha inteligência.

     
  38. Bom, todas as profissões podem ter os chamados ” ossos de ofício”. Nem por isso deixam de ser boas e úteis em si. Mentiras ou omissões de verdade sempre existiram desde que o mundo é mundo, mas, a diferença é que agora elas foram legalmente oficializadas na profissão de publicitário. A vida continua a seguir seu rumo, a história se repete. hehehehe

     
  39. Laura Alves
     

    Meu Deus… Foi interessante ler os comentários! É muito importante pra mim enxergar a opinião das pessoas HOJE em relação aos publicitários. Só me motiva a fazer a DIFERENÇA no futuro.

     
  40. Diego Patrick
     

    É triste ver como pessoas ignorantes sem opinião formada a respeito da profissão acham que podem dizer o que bem entendem. Antes de criticar, aprofundem seus conhecimentos e busquem conhecer melhor a história da Publicidade e Propaganda. É uma profissão como qualquer outra e merece ser respeitada.

     
  41. gente fala serio comigo o ser publicitário vive desempregado? e a profissão e tao ruim assim?
    nem sei se quero fazer publicidade mais viu vocês me animaram muito!!! kkkkkkkkk

     
  42. A publicidade é uma profissão maravilhosa, mais é realmente muito dificil, e as pessoas acham que vc é um gênio do mal. Não é assim, ninguém manipula ninguém as pessoas compram o que querem comprar, cabe cada um saber o que deve ou não fazer.

     
  43. eu sou apaixonado por publicidade… E acho que ser publicitario é ser capaiz de tranparecer o que antes era o transparente… publicitario é o cara sem noção, uma pessoa sem noção vai muito mais alem do que os “normais”, publicitario é o criativo,apaixonado, percistente, rico,pobre,mendingo,modelo é bixo, é gente, tem que ter de td um poco pra entender o mundo e suas exigencias…. é dificil mais quem ama sempre vai além….

     
  44. Realmente. Ser publicitário é… ter mil e uma utilidades.

     
  45. E no seu texto vc enfatiza somente a parte de CRIACAO, nao esqueça de todo o “resto” da agência, que se ferra tanto quanto…. sem briefing, planejamento, estratégias, a criação não seria nada…. além de ter criado algo e não saber onde veicular, quando, como, estar sem finalizar e revisar…. realmente… de nada valeria.

    Portanto, vamos dar valor a todas as áreas de uma agência.. todas trabalham em conjunto para um unico objetivo!

    Alguns ganham mais…rs… mas todos são importantes! ;)

     
  46. Bem , eu estou pensando seriamente em ser publicitaria .. quero a opinião de vocês , devo de fato seguir esse meu sonho sem medo algum?

     

Deixe um comentário

 

 

 

© Blogcitário - o seu blog de Publicidade, marketing, viral e guerrilha. Todos os direitos reservados.

Rodando sob Wordpress. Layout e Programação por Hilder Santos.

Follow @blogcitario